a
This site uses cookies. By continuing to navigate the site, you accept the way we use this information. Yes, i understand Opt out from Google
Click here for more details
x

Bronzeamento e solários

Bronzeamento

O bronzeamento é o processo pelo qual a pele é escurecida ou “bronzeada”. Um bronzeado com origem em algum tempo passado na praia, no solário, ou até por exposição solar inadvertida, é prejudicial e perigoso. Os bronzeados são causados por radiação ultravioleta (UV), que tem efeitos nefastos na pele. Se está bronzeado, isso significa que o ADN da sua pele foi danificado. Os danos cumulativos causados pela radiação UV podem levar ao envelhecimento precoce da pele (incluindo o aparecimento de rugas, pele distendida, sinais), bem como ao cancro da pele.

Falso Verdadeiro
O bronzeado é saudável O bronzeado resulta de uma reação da pele para se defender dos efeitos nefastos da radiação UV
O bronzeado protege-nos do sol Um bronzeado escuro numa pele originalmente clara só oferece um fator de proteção solar (FPS) de cerca de 4
Não se pode sofrer uma queimadura solar em dias nublados Até 80% da radiação UV solar pode atravessar um leve manto de nuvens. O nevoeiro pode mesmo aumentar a exposição à radiação UV
Não se pode sofrer uma queimadura solar enquanto se está na água A água oferece uma proteção mínima contra a radiação UV, e a reflexão da luz na água pode aumentar a exposição à radiação UV
A radiação UV durante o inverno não é perigosa A radiação UV é geralmente menos intensa durante os meses de inverno, mas a reflexão da luz na neve pode fazer duplicar a exposição total, especialmente em zonas de grande altitude
Os protetores solares protegem-nos para que possamos estar ao sol durante muito tempo Os protetores solares não são para aumentar o tempo de exposição ao sol, mas sim para aumentar a proteção quando a exposição é inevitável. A proteção que asseguram depende criticamente da sua correta aplicação
Se fizermos intervalos regulares durante os banhos de sol não sofremos queimaduras solares A exposição a radiação UV é cumulativa ao longo do dia
Se não se sentem os quentes raios do sol, não se pode sofrer queimaduras solares A queimadura solar é causada pela radiação UV, a qual não se sente. A maior parte do calor é causada pela radiação visível e infravermelha do sol e não pela radiação UV

Solários

O recurso a solários deve ser completamente evitado. De facto, as pessoas que recorrem a camas e cabines de bronzeamento com ação pela emissão de raios UV têm uma probabilidade 74% maior de desenvolver melanoma, comparativamente com aqueles que nunca recorreram a solários. Os raios UV emitidos nos solários podem danificar o ADN das células da pele e, como o tempo, a acumulação destes danos pode causar cancro da pele.

Os solários são muitas vezes apresentados como uma forma controlada de obter um bronzeado seguro. Mas, na realidade, os solários não são mais seguros do que a exposição solar, e os estudos demonstraram que não fornecem qualquer benefício de saúde.
Os profissionais de saúde em diversos países estão a trabalhar com vista à introdução de legislação que proíba a utilização de solários. Vários países europeus baniram já a utilização destes equipamentos por menores de 18 anos.